28.10.09

 "Não há forma possível de se agradecer uma amizade. Nem com mil e um textos todos pimposos lá chegaria. Nem tão perto, nem tão longe!

Sempre achei o dicionário algo muito pouco enriquecido, desde pequena. Não tem vocábulos suficientes, nem existem palavras que possam descrever isto ou aquilo. São meras definições. Sim, isso deixa-me profundamente irritada! Situações em que quero expressar-me e fica o típico 'ahm' na ponta da língua. Pior é o resultado. Sabes, quando nos sentimos completos ignorantes por acharmos que aquilo que dissemos não foi o suficiente para demonstrar aquilo que verdadeiramente sentimos? Meu Deus! Estou tão farta de repetir situações deste tipo! É inútil, por mais que tente dar a volta.

Tenho a certeza que do outro (... outro outro outro outro) lado do mundo existe alguém que pense assim, tal e qual como eu.

Então, tanto palavreado para quê?

É uma simples justificação. Porque tenho a certeza, que por mais horas em frente à típica folha do Microsoft Word, por mais páginas que tivesse, ou por mais tempo que levasse, nada iguala o verdadeiro valor que se dá ao sentimento de amizade. Por mais tempo que levasse... nem o último homem à face da Terra o conseguiria!

 

É do tipo de pessoa com quem passas horas a falar; com quem podes desabafar; que te dá a mão se precisares; ou limpa todas as tuas lágrimas, mesmo que à distância. Dá-te força, quando precisas dela.

 

Auto-estima - fraca, muito fraca, sempre foi. Mas foi ela, eles, que lá estavam quando a fraqueza da minha determinação ultrapassava os limites!

Quando a força parecia não existir, sabia que tinha alguém com quem contar. Alguém que me podia devolver toda essa vontade, ou até dar-me parte da sua.

Quem tinha o dom de transformar todas as lágrimas em sorrisos e boas recordações.

É quem diz "não cruzes os braços", quando "não quero seguir em frente".

É quem me contraria quando estou prestes a dizer "ninguém me ouve"... "eu estou aqui".

E, tenho a maior das certezas, que usa todas essas palavras, aparentemente inúteis, que se encontram no dicionário, da melhor forma possível!

É ela quem lhes dá verdadeiro significado e razão de ser.

 

Obrigada por tudo, Ana.

(Mereces muito mais!)

Parabéns!

 

 

«É inútil. Por mais que tente agradecer-lhes por tudo aquilo que sou, sinto que nunca estou a altura.»

Cheguei à conclusão de que tal é impossível."

 

Alexandra

sinto-me: Deslexica, completamente!
♪♫ a ouvir: Death Cab For Cutie - Meet me on the Equinox

'Lights will guide you home... and I will try, to fix you.'


I'm looking for...
 
Someone, somewhere?
Outubro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

26
27
29
30
31


You're listening:

Metric:
Eclipse (All Yours)
Follow me!
RSS
blogs SAPO